Januário da Cunha Barbosa

Nome completo: Januário da Cunha Barbosa

Informações sobre o autor

  • Birth: 1780 - Rio de Janeiro, RJ
  • Decease: 1846 - Rio de Janeiro, RJ
  • Description: Religioso, orador, poeta, jornalista, humanista, político, biógrafo.
  • Fonte(s) dos dados:
    • BLAKE, Augusto Victorino Alves Sacramento. Diccionario Bibliographico Brazileiro. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1883. 7 v.
    • WIKIMEDIA FOUNDATION. Wikipédia: a enciclopédia livre. Conteúdo enciclopédico de autoria coletiva. Disponível em: http://www.wikipedia.org/.

Dados da Wikipédia (não validados pelos responsáveis da Biblioteca de Literatura Digital)

  • Página do autor: https://pt.wikipedia.org/wiki/Januário_da_Cunha_Barbosa
  • Description: Januário da Cunha Barbosa (Rio de Janeiro, 10 de julho de 1780 — Rio de Janeiro, 22 de fevereiro de 1846) foi um orador sacro, historiador, jornalista, poeta, biógrafo e político de muita importância no Primeiro Reinado.Durante sua vida, além de ter sido um dos filósofos mais considerados de sua época, Cunha Barbosa dedicou-se à maçonaria no Brasil imperial e à luta nacional pela Independência.Foi nomeado por D. Pedro I orador sacro e cônego da Capela Real em 1808, ano da chegada da corte portuguesa no Brasil, quando Januário tinha seus 28 anos de idade.Antes disso, sua vida foi marcada por ter se tornado órfão ainda muito jovem, aos 9 anos de idade*. Seu tio José da Cunha Barbosa, passou a ser o responsável em educar o sobrinho, de maneira que não contrariasse a vocação natural de Januário ao sacerdócio. Vale ressaltar que Januário teve aulas com Frei Rodovalho, que instruiu outros destacados oradores, como Mont’Alverne e Carlos Sampaio.Em 1821, o religioso fundou, ao lado de Joaquim Gonçalves Ledo, o Revérbero Constitucional Fluminense, periódico com intuito de defender a causa da independência do Brasil.Foi nomeado, pelo decreto de 5 de Setembro de 1844, diretor da Biblioteca Nacional. Exerceu tais funções até a sua morte.

Works of the author


Title Type Gênero Year
Não disponível para visualização A rusga da Praia Grande Obra Literária Teatro 1831
Não disponível para visualização Bulas pontifícias, cartas régias, alvarás e provisões episcopais, por que foi ereta a santa igreja catedral e capela imperial do Rio de Janeiro e se lhe concederam os privilégios de que goza Obra Literária Outros 1844
Não disponível para visualização Conselhos a um novel ministro do Evangelho sobre a arte de pregar Obra Literária Tradução XIX
Não disponível para visualização Diário do Governo [RJ] Obra Literária Periódico 1823
Não disponível para visualização Discurso de ação de graças pelas melhoras de sua majestade imperial, o senhor D. Pedro II, celebradas na igreja de São Francisco de Paula pela primeira legião de guardas nacionais da tarde de 27 de novembro deste ano de 1833 Obra Literária Discurso ou sermão 1833
Não disponível para visualização Discurso fúnebre nas exéquias que fez celebrar a Aug.˙. L.˙. escocesa União Brasileira, ao Or.˙. do Rio de Janeiro no dia 9 de abril de 1835 pelo seu membro, o Resp.˙. Cav.˙. R.˙. C.˙. Bernardo Lobo de Souza, etc. Obra Literária Discurso ou sermão 1835
Não disponível para visualização Discurso na fusão anual do povo maçônico brasileiro Obra Literária Discurso ou sermão 1835
Não disponível para visualização Discurso no fim da Missa Solene do Espírito Santo, celebrada na real capela desta cidade no dia 21 de maio, etc., antes de se proceder a eleição dos deputados para as cortes pela província do Rio de Janeiro, recitou, etc. Obra Literária Discurso ou sermão 1821
Não disponível para visualização Discurso que no fim da missa solene do Espírito Santo, celebrada na igreja dos Terceiros Mínimos, etc., e que precedeu o ato da junta eleitoral de comarca no dia 15 de maio de 1821 compôs e recitou na dita igreja Obra Literária Discurso ou sermão 1821
Não disponível para visualização Discurso recitado na Igreja Paroquial de Santa Rita, celebrando-se o oitavo aniversário da independência do Brasil Obra Literária Discurso ou sermão 1830
Não disponível para visualização Discurso recitado no ato de estatuir-se o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (25 de novembro) Obra Literária Discurso ou sermão 1838
Não disponível para visualização Discurso recitado no G.˙. O.˙. do Br.˙. Obra Literária Discurso ou sermão 1832
Não disponível para visualização Discurso recitado pelo orador do Instituto Histórico e Geográfico no enterro do conselheiro José Joaquim da Rocha Obra Literária Discurso ou sermão 1838
Não disponível para visualização Discurso sagrado à Exaltação da Santa Cruz, na igreja dos militares em 21 de dezembro de 1837 Obra Literária Discurso ou sermão 1857
Não disponível para visualização Discurso sobre algumas produções do Brasil que podem ser de grande utilidade, se forem promovidas e aperfeiçoadas Obra Literária Outros 1835
Não disponível para visualização Discurso sobre o abuso das derrubadas de árvores em lugares superiores a vales e sobre o das queimadas Obra Literária Discurso ou sermão 1833
Não disponível para visualização Epitalâmio ao augustíssimo Imperador e defensor perpétuo do Brasil, o senhor D. Pedro II, na ocasião de seu consórcio com a sereníssima Princesa das Duas Sicílias, D. Teresa Cristina Maria, por Castor Roberto, Barão de Planitz Obra Literária Tradução -
Florilégio brasileiro da infância Obra Literária Poema;Crítica, teoria ou história literária;Organização de obra ou antologia 1874
Não disponível para visualização Investigações sobre as povoações primitivas na América, etc. Obra Literária Tradução 1843
Não disponível para visualização Memória sobre a vantagem, necessidade e meio mais pronto de propagar a cultura e manipulação do chá Obra Literária Outros 1834
Não disponível para visualização Memória sobre o cruzamento do gado vacum Obra Literária Outros 1837
Não disponível para visualização Memória sobre o programa sorteado "Qual é o método que se deve empregar para se obter a melhor manteiga" Obra Literária Outros 1837
Não disponível para visualização Niterói Obra Literária Poema 1822
Não disponível para visualização O reverbero constitucional fluminense Obra Literária Periódico 1821
Não disponível para visualização Oração de ação de graças e louvores à Santa Virgem do Monte do Carmo, que pelo feliz consórcio de sua majestade o imperador do Brasil o senhor D. Pedro I, com sua alteza a senhora princesa de Leuchtemberg, Amélia Augusta Eugênia de Baviera, pregou na capela imperial Obra Literária Discurso ou sermão 1829
Não disponível para visualização Oração de ação de graças pela elevação de sua majestade imperial o senhor D. Pedro II ao pleno exercício de seus direitos majestáticos, pregada na capela de Nossa Senhora da Glória, etc., perante sua majestade imperial e sua augustas irmãs no dia 29 de agosto deste ano (1840) Obra Literária Discurso ou sermão 1840
Não disponível para visualização Oração de ação de graças pelo feliz restabelecimento da saúde de sua majestade o Imperador, pregada na Igreja Paroquial do Santíssimo Sacramento no dia 14 de fevereiro deste ano, e oferecida aos brasileiros da província de Minas Gerais Obra Literária Discurso ou sermão 1830
Não disponível para visualização Oração de ação de graças que recitou na Real Capela no dia 26 de fevereiro, solenizando-se por ordem de Sua Alteza Real o primeiro aniversário do juramento d'el-rei e povo desta corte à constituição lusitana, e oferece ao mesmo augusto e constitucional regente do Brasil Obra Literária Discurso ou sermão 1822
Não disponível para visualização Oração de ação de graças, recitada na capela real do Rio de Janeiro, celebrando-se o quinto aniversário da chegada de Sua Alteza Real com toda sua família a esta cidade Obra Literária Discurso ou sermão 1813
Não disponível para visualização Oração de ação de graças, recitada na imperial capela do Rio de Janeiro, no dia 1 de dezembro de 1825, aniversário da 3ª coroação e sagração do Senhor D. Pedro I, Imperador do Brasil, etc. Obra Literária Discurso ou sermão 1826
Não disponível para visualização Oração de graças que, celebrando-se na Real Capela do Rio de Janeiro no dia 7 de março de 1818 o décimo aniversário da chegada de Sua Majestade a esta cidade, compôs, recitou e oferece com permissão d'el-rei, nosso senhor, a José de Carvalho Ribeiro, etc. Obra Literária Discurso ou sermão 1818
Não disponível para visualização Oração fúnebre da muito alta, muito poderosa e fidelíssima Senhora D. Maria I, rainha do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves nas exéquias celebradas na ordem terceira de São Francisco de Paula, pelos oficiais do batalhão de milícias número três do Rio de Janeiro Obra Literária Discurso ou sermão 1818
Não disponível para visualização Oração fúnebre das exéquias que os oficiais do 1º corpo d'artilharia de posição fizeram celebrar na igreja de Santa Cruz dos Militares, no dia 4 de março deste ano (1837) em sufrágio pelo seu companheiro d'armas Antônio Manuel Pereira Monteiro Obra Literária Discurso ou sermão 1837
Não disponível para visualização Oração fúnebre de sua alteza a senhora Princesa D. Paula Mariana, recitada na capela imperial no dia 18 de fevereiro de 1833 Obra Literária Discurso ou sermão 1833
Não disponível para visualização Oração fúnebre nas exéquias do ilustríssimo senhor Joaquim José Pereira de Faro, Barão do Rio Bonito, celebradas pela venerável ordem 3ª do Carmo e por seus herdeiros no dia 10 de março deste ano, trigésimo de seu falecimento, etc. Obra Literária Discurso ou sermão 1843
Não disponível para visualização Oração fúnebre, que nas exéquias de Sua Majestade Fidelíssima, o Senhor D. João VI, celebradas na capela imperial, recitou, etc. Obra Literária Discurso ou sermão 1826
Não disponível para visualização Oração fúnebre, que nas exéquias de sua majestade imperial, a senhora D. Maria Leopoldina Josefa Carolina, arquiduquesa da Áustria, e a primeira imperatriz do Brasil, celebradas na capela imperial no dia 26 de janeiro deste ano (1827) recitou, etc. Obra Literária Discurso ou sermão 1827
Não disponível para visualização Oração pronunciada no templo de São Francisco de Paula no dia 7 de setembro de 1832 Obra Literária Discurso ou sermão XIX
Não disponível para visualização Oração recitada na Imperial Capela no dia 10 de novembro, celebrando-se a missa solene do Espírito Santo que precedeu a eleição dos deputados da província do Rio de Janeiro para a segunda legislatura Obra Literária Discurso ou sermão 1828
Não disponível para visualização Os garimpeiros Obra Literária Poema 1838
Parnaso brasileiro Obra Literária Biografia;Organização de obra ou antologia;Poema 1885
Parnaso brasileiro Obra Literária Crítica, teoria ou história literária;Organização de obra ou antologia;Poema 1843
Parnaso brasileiro Obra Literária Organização de obra ou antologia;Poema 1829
Não disponível para visualização Pomologia fisiológica Obra Literária Outros 1838
Não disponível para visualização Qual seria hoje o melhor sistema de colonizar os índios entranhados nos nosso sertões Obra Literária Outros 1840
Não disponível para visualização Relatório sobre a inscrição da Gávea, mandada examinar pelo Instituto Historico e Geográfico Brasileiro Obra Literária Outros -
Não disponível para visualização Se a introdução dos escravos africanos no Brasil embaraça a civilização dos nossos indígenas, dispensando-lhes o trabalho que todo foi confiado aos escravos negros? Neste caso qual o prejuízo que sofre a lavoura brasileira? Obra Literária Outros 1839
Não disponível para visualização Sermão da solenidade da sagração do excelentíssimo e reverendíssimo senhor D. Manuel do Monte Rodrigues d'Araújo, bispo do Rio de Janeiro, e capelão-mor; recitado na Imperial Capela no dia 24 de maio de 1840 Obra Literária Discurso ou sermão 1840
Não disponível para visualização Sermão de ação de graças pela feliz restauração do reino de Portugal Obra Literária Discurso ou sermão 1809
Não disponível para visualização Sermão pregado na Igreja da Santa e Imperial Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro no dia 2 de julho de 1840 Obra Literária Discurso ou sermão 1840

Annual production of author


Literary genre of author



Associated historic facts

Ano do início Ano do fim Description
1822 1822 Independência do Brasil
1789 1799 Revolução Francesa
1783 1783 Brasil Colônia: Luis da Cunha Meneses toma posse da Capitania de Minas Gerais
1788 1788 Brasil Colônia: Luís da Cunha Meneses deixa o Governo de Minas Gerais
1792 1792 Inconfidência Mineira: enforcamento de Tiradentes, em 21 de abril
1824 1824 Política: D. Pedro I outorga a primeira Constituição brasileira
1825 1825 Portugal e Inglaterra reconhecem a independência do Brasil
1808 1808 Brasil Colônia: chegada da família real portuguesa ao Brasil
1808 1808 Economia: abertura dos portos brasileiros ao comércio livre
1815 1815 Brasil Colônia: o Brasil é elevado a Reino Unido de Portugal e Algarves
1823 1823 Conflito: Guerra da Independência na Bahia
1835 1845 Período Regencial: Revolução Farroupilha no Rio Grande do Sul
1831 1831 Abdicação de D. Pedro I
1833 1833 Criação da Companhia Dramática Nacional
1840 1840 Golpe da Maioridade de D. Pedro II
1842 1842 Revolução Liberal em São Paulo e Minas Gerais
1831 1840 Período Regencial no Brasil
1834 1834 Cultura: criação do Teatro Nacional
1838 1838 Fundação do Instituto Histórico e Geográfico
1831 1838 Período Regencial: Revoltas populares no Período Regencial
1808 1808 Criação da Imprensa Régia no Brasil
1782 1782 Brasil Colônia: Tomás Antônio Gonzaga chega a Vila Rica
1785 1785 Brasil Colônia: a Coroa Portuguesa aumenta os impostos sobre o ouro nas Minas Gerais
1824 1824 Confederação do Equador
1826 1826 Política: instalação da primeira Assembléia Geral Brasileira
1834 1834 D. Pedro I morre em Lisboa
1834 1834 Período Regencial: Revolta da Cabanagem, no Pará
1837 1837 Período Regencial: Revolta da Sabinada, na Bahia
1838 1838 Período Regencial: Revolta da Balaiada, no Maranhão
1845 1845 Morse inventa o telégrafo elétrico
1825 1828 Conflito: Guerra Cisplatina
1807 1807 Pressão francesa para ruptura da aliança entre Portugal e Inglaterra
1807 1807 Invasão de Portugal por tropas de Napoleão
1808 1808 Cultura: instalação da Biblioteca Real no Hospital da Ordem Terceira do Carmo, Rio de Janeiro
1808 1808 Fundação do Arquivo Nacional
1811 1811 Cultura: inauguração da Biblioteca Real no Rio de Janeiro
1820 1820 Revolução do Porto
1821 1821 Regresso de D. João VI a Portugal
1821 1821 Abolição da Inquisição portuguesa apesar da manutenção da censura
1821 1821 Regulamentação da liberdade de imprensa no Brasil
1828 1828 Criação do Supremo Tribunal
1808 1808 Economia: permissão da instalação de fábricas e manufaturas no Brasil (1 de abril)
1810 1810 Cultura: decreto de regulamentação do teatro no Brasil
1814 1814 Proibição da posse e leitura das Fábulas de Jean de La Fontaine, traduzidas por Francisco Manuel do Nascimento
1817 1817 Proibição da circulação em Portugal e seus domínios do jornal Correio Braziliense, de Hipólito José da Costa
1818 1818 Compra da biblioteca do arquiteto José da Costa e Silva pelo governo português e sua incorporação à Biblioteca Real (RJ)
1821 1821 Abertura, no Rio de Janeiro, da Tipografia de Moreira Garcez e da Nova Oficina Tipográfica, quebrando o monopólio da Impressão Régia no Brasil
1825 1825 Os governos de Buenos Aires e britânico firmam um tratado contra o tráfico de escravos
1841 1841 Os governos de Buenos Aires e britânico firmam um tratado contra o tráfico de escravos
1841 1841 El Salvador se constitui em república unitária e independente das outras repúblicas da América Central
1843 1843 Começa o estado de sítio de Montevidéu, com as tropas do Governo de Rosas
1794 1794 A Convenção Francesa aprova a abolição da escravidão em suas colônias
1789 1789 Política: Ocorrem as primeiras eleições presidenciais nos Estados Unidos
1816 1816 Toda família Bonaparte é afastada da França por lei do governo francês
1827 1827 O Peru, que fazia parte da Colômbia, declara a sua independência
1844 1844 Segundo Reinado: D. Pedro II anistia os líderes da revolução de 1842

Commentaires (0)


Do login to comment