Joaquim Nabuco

Nome completo: Joaquim Aurélio Barreto Nabuco de Araújo
Pseudônimo(s): Aurélio Nabor, Juvenal, Ninguém, Garrison Freischutz

Informações sobre o autor

  • Birth: 1849 - Recife, PE
  • Decease: 1910 - Washington, Estados Unidos da América
  • Description: Bacharelou-se em letras no Colégio Pedro II, do Rio de Janeiro e cursou a Faculdade de Direito em São Paulo, mas concluiu o curso jurídico na academia do Recife. Em 1876, entrou para a carreira diplomática, nomeado adido à Legação brasileira em Washington. Em 1879, voltou ao Rio de Janeiro, eleito deputado geral por sua terra natal. Tornou-se, então, na Câmara o principal líder parlamentar da campanha pela abolição da escravatura no Brasil. Após viajar pela Europa, de 1881 a 1884, foi novamente eleito deputado até que, em 1889, com a proclamação da República, se afastou da vida pública. Foi também embaixador em Londres e Washington, posto este último em que veio a falecer. Teve grande atuação diplomática. Quando da fase de espontânea abstenção política, Joaquim Nabuco viveu no Rio de Janeiro, exercendo a advocacia e fazendo o jornalismo. É de então a sua freqüência à redação da "Revista Brasileira", onde estreita relações e amizade com as mais altas figuras da vida literáia brasileira, Machado de Assis, José Veríssimo, Lúcio de Mendonça, de cujo convívio nasceria a Academia Brasileira de Letras (1896), de que ele foi assim membro fundador e primeiro-secretário perpétuo. Foi como orador que se realizou em plenitude, tornando-se uma das vozes mais respeitadas do Parlamento nos últimos anos do Império. Na campanha abolicionista, a seu lado, como companheiros de luta, estavam homens como José do Patrocínio, Castro Alves, Rui Barbosa. Vitoriosa a causa da abolição, proclamada a República, o orador cede o passo ao escritor, ao historiador, ao conferencista.
  • Fonte(s) dos dados:
    • COUTINHO, Afrânio; SOUSA, José Galante de. Enciclopédia de literatura brasileira. Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional; Academia Brasileira de Letras, 2001. 2 v. ISBN 8526007238
    • BLAKE, Augusto Victorino Alves Sacramento. Diccionario Bibliographico Brazileiro. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1883. 7 v.

Works of the author


Title Type Gênero Year
Não disponível para visualização A Época [RJ] Obra Literária Periódico 1875
Não disponível para visualização A escravidão Obra Literária Outros 1988
A intervenção estrangeira durante a Revolta Obra Literária Literatura informativa e de viagens 1896
Não disponível para visualização A invasão ultramontana Obra Literária Discurso ou sermão 1873
Não disponível para visualização A minha carreira política Obra Literária Discurso ou sermão 1893
Não disponível para visualização A Rainha Vitória Obra Literária Crônica ou artigo de jornal 1897
Agradecimento aos pernambucanos Obra Literária Outros 1891
Amour et Dieu Obra Literária Poema 1874
Balmaceda Obra Literária Crônica ou artigo de jornal 1895
Camões Obra Literária Discurso ou sermão 1880
Camões e Os Lusíadas Obra Literária Crítica, teoria ou história literária 1872
Não disponível para visualização Camoens, the Lyric Poet Obra Literária Discurso ou sermão -
Campanha abolicionista no Recife Obra Literária Discurso ou sermão 1885
Não disponível para visualização Cartas aos abolicionistas ingleses Obra Literária Epistolografia 1985
Não disponível para visualização Castro Alves Obra Literária Crônica ou artigo de jornal 1873
Confederação abolicionista Obra Literária Discurso ou sermão 1884
Correspondência de Machado de Assis Obra Literária Epistolografia 1860
Discurso do Dr. Joaquim Nabuco pronunciado na quermesse organizada pela comissão central da Cruz Vermelha a favor dos feridos na guerra civil do Rio Grande do Sul a 2 de julho de 1893 no Cassino Fluminense Obra Literária Discurso ou sermão 1893
Não disponível para visualização Discurso relativo a sua carreira política Obra Literária Discurso ou sermão 1884
Não disponível para visualização Discurso sobre a organização ministerial Obra Literária Discurso ou sermão 1885
Não disponível para visualização Discurso sobre o imortal Camões Obra Literária Discurso ou sermão 1880
Discursos acadêmicos Obra Literária Crítica, teoria ou história literária;Discurso ou sermão 1897
Discursos e conferências nos Estados Unidos Obra Literária Discurso ou sermão 1911
Não disponível para visualização Dom Pedro II Obra Literária Outros 1896
Não disponível para visualização Dom Pedro II Obra Literária Ensaio, estudo ou dissertação 1896
Eleições liberais e eleições conservadoras Obra Literária Outros 1886
Não disponível para visualização Escola Veneziana, conferência literária Obra Literária Crítica, teoria ou história literária 1875
Escravos! Obra Literária Poema 1886
Escritos e discursos Literários Obra Literária Crítica, teoria ou história literária 1901
Não disponível para visualização Henry George Obra Literária Outros 1884
L'accord des deux Amériques Obra Literária Outros 1909
L'option Obra Literária Teatro 1910
Le droit au meurtre Obra Literária Crítica, teoria ou história literária 1872
Não disponível para visualização Manifesto da sociedade brasileira contra a escravidão Obra Literária Discurso ou sermão XIX
Não disponível para visualização Manifesto do Doutor Joaquim Nabuco precedido de algumas páginas descritas pelo Senhor Candido Furtado de Mendonça Junior, com contramanifesto àquele Obra Literária Ensaio, estudo ou dissertação 1890
Não disponível para visualização Mensagem dirigida e apresentada à Senhora Condessa d'Eu no dia 13 de maio por alguns brasileiros, residentes na Europa Obra Literária Outros XIX
Minha formação Obra Literária Memórias 1900
Mosaico poético Obra Literária Poema XX
O abolicionismo Obra Literária Outros 1883
Não disponível para visualização O dever dos monarquistas Obra Literária Epistolografia XIX
O eclipse do abolicionismo Obra Literária Outros 1886
O erro do Imperador Obra Literária Outros 1886
Não disponível para visualização O gigante da Polônia Obra Literária Poema 1864
Não disponível para visualização O partido ultramontano, suas invasões, seus órgãos e seu futuro Obra Literária Periódico 1873
Não disponível para visualização O povo e o trono, profissão de fé política de Juvenal, romano da decadência Obra Literária Não identificado 1869
Obras completas de Joaquim Nabuco Obra Literária Crítica, teoria ou história literária;Crônica ou artigo de jornal;Discurso ou sermão;Epistolografia;Biografia;Memórias;Ensaio, estudo ou dissertação 1949
Pensées détachées et souvenirs Obra Literária Epigrama, pensamento, provérbio 1906
Não disponível para visualização Reformas nacionais Obra Literária Outros 1833
Resposta às mensagens do Recife e Nazaré Obra Literária Ensaio, estudo ou dissertação 1890
Não disponível para visualização Sociedade brasileira contra a escravidão, cartas do presidente Joaquim Nabuco e do ministro americano H. W. Hilliand sobre a emancipação nos Estados Unidos Obra Literária Epistolografia 1880
Não disponível para visualização The Lusiads as the Epic of Love Obra Literária Discurso ou sermão -
Não disponível para visualização Tribuna Liberal Obra Literária Periódico 1867
Não disponível para visualização Um estadista brasileiro Obra Literária Biografia 1896
Um estadista do Império. Nabuco de Araújo Obra Literária Biografia 1897

Produção anual do autor


Gêneros literários do autor



Fatos históricos associados

Ano do início Ano do fim Description
1889 1889 Proclamação da República, em 15/11
1888 1888 Abolição da Escravatura
1852 1852 Inauguraçao das primeiras linhas telegráficas do Brasil
1861 1861 Brasil e Inglaterra rompem relações diplomáticas
1861 1861 O Paraguai declara guerra ao Brasil - Solano Lopes invade o Mato Grosso
1865 1870 Guerra do Paraguai
1850 1850 A Lei Eusébio de Queiroz extingue o tráfico negreiro
1854 1854 Inauguração da primeira estrada de ferro do Brasil
1871 1871 Lei do Ventre Livre, declara libertos os filhos de escravos, nascidos a partir dessa data
1867 1867 Inauguração da estrada de ferro Santos-Jundiaí
1870 1870 Lançamento da Campanha Republicana no RJ
1873 1873 Primeiro Congresso do Partido Republicano Paulista
1875 1875 Fim da Questão Religiosa
1855 1855 Início da carreira literária de Machado de Assis
1850 1870 Apogeu do Império no Brasil
1870 1889 Declínio do Império no Brasil
1871 1871 Comuna de Paris
1857 1857 Cultura: Flaubert publica Madame Bovary
1870 1870 Intelectuais portugueses debatem idéias anti-burguesas e anti-românticas
1885 1885 Lei dos Sexagenários
1878 1878 "Batalha do Parnaso" - manifestações anti-românticas do RJ
1889 1890 Encilhamento
1891 1894 Governo Floriano Peixoto
1859 1859 Ciência: Darwin lança A Origem das Espécies
1864 1865 Guerra contra Aguirre, do Uruguai
1850 1850 Criação da província do Amazonas
1851 1852 Conflito: Guerra contra Rosas e Oribe
1861 1865 Guerra da Secessão nos Estados Unidos
1867 1867 Publicação de "O Capital", de Carl Marx
1882 1882 Escola do Recife
1893 1893 Revolta da Armada
1894 1898 Política: Governo Prudente de Morais
1898 1902 Governo Campos Sales
1902 1906 Política: Governo Rodrigues Alves
1906 1910 Governo Afonso Pena
1907 1907 Afonso Pena aprova a Lei do Serviço Militar Obrigatório
1891 1891 promulgada a primeira Constituição Republicana brasileira
1884 1884 Extinção da escravidão no Ceará, Maranhão, Amazonas e alguns municípios do RS
1886 1886 Fundação da Sociedade Promotora de Imigração
1890 1890 Eleita a Assembléia Constituinte
1890 1890 Primeiras revoltas das categorias profissionais urbanas
1883 1883 Início da Questão Militar
1892 1892 Revolução Federalista do Rio Grande do Sul
1897 1897 Cultura: Inauguração da Academia Brasileira de Letras
1897 1897 Destruição do Arraial de Canudos
1896 1897 Revolta de Canudos
1891 1891 Deodoro da Fonseca fecha o Congresso Nacional
1893 1893 Revolução Federalista no sul
1910 1910 Campanha Civilista de Rui Barbosa
1904 1904 Revolta da Vacina
1910 1910 Revolta da Chibata, no Rio de Janeiro
1909 1909 Filippo Marinetti inicia o Movimento Futurista
1850 1850 Inauguração da linha de vapores do Rio de Janeiro para a Europa
1861 1861 Rompimento de relações entre Brasil e Inglaterra (Questão Christie)
1901 1901 Cisão no Partido Republicano Paulista
1902 1902 Segundo Congresso Socialista Brasileiro em São Paulo
1906 1906 Convenção de Taubaté (medidas de proteção ao café)
1907 1907 Pablo Picasso expõe o quadro Les Demoiselles d´Avignon, em Paris, inaugurando o cubismo
1869 1869 Inauguração do canal de Suez
1906 1906 Em Paris, Santos Dumont voa com o 14-BIS
1908 1908 Chegam ao Brasil os primeiros imigrantes japoneses (781 pessoas)
1894 1894 Inauguração da Biblioteca Infantil Quaresma
1852 1852 Conflito: Batalha de Monte Caseros (Argentina). General Urquiza derrota o presidente Rosas
1876 1876 Conflito: assinatura do tratado de paz que pôs fim à guerra entre Argentina e Paraguai
1900 1900 O Senado dos Estados Unidos ratifica a decisão da Conferência de Paz de Haya sobre a criação de um Tribunal Penal Internacional.
1895 1895 A Coreia declara a sua independência da China
1876 1876 Ciência: Graham Bell patenteia o telefone, sua invenção
1880 1880 O Congresso espanhol vota a abolição da escravidão em Cuba
1893 1893 Antes do cientista Guglielmo Marconi testar seu primeiro experimento, o padre brasileiro Roberto Landell realizou, do alto da Avenida Paulista para o alto de Santana, as primeiras transmissões de telegrafia e de telefonia sem fio
1906 1906 Um pacto policial entre Brasil, Argentina, e Uruguai é firmado contra o movimento anarquista nos três países
1896 1896 Ciência: o físico francês Henri Becquerel descobre uma nova propriedade da matéria, a radioatividade
1857 1857 08/03 - ataque incendiário da polícia causa morte de 129 operárias americanas, na fábrica Cotton, em Nova York. Na data, foi instituído o Dia Internacional da Mulher.

Commentaires (0)


Faça login para poder comentar